☽★☾ Grimório da Luna

Um blog dedicado a orientação de iniciantes e praticantes solitários da wicca. Blessed be!

Ostara - O equinócio da primavera




  O equinócio de primavera celebrado religiosamente pelos pagãos com o nome de Ostara, Equinócio Vernal, Festival das árvores, Alban Eilir e Rito de Eostre, é o rito de fertilidade que celebra o inicio da primavera, o despertar da mãe terra. Os dias e as noites passam a ser iguais – tempo de equilíbrio, a deusa fértil e jovem se apaixona pelo deus jovem e viril inundando a terra e as nossas vidas de fertilidade. 

  Na "Roda do Ano" Ostara é o oposto de Mabon, marcando o despertar da Natureza, as Sementes a serem plantadas e sua futura germinação, é a plena renovação da vida, nossas esperanças e promessas que guardamos do Yule se realizam.

   É o Sabbat das realizações, renovações, regeneração e realização dos  sonhos. Ostara recebe esse nome de uma Deusa Saxã da Primavera Oster, mas é um sabbat dedicado a todas as divindades da fertilidade e da juventude. Em algumas tradições esse sabbat marca a volta de Perséfone do mundo subterrâneo e a Alegria de sua Mãe Deméter ao recebê-la, a Terra florescendo de Alegria por sua volta.

  Em 2012 Ostara será comemorado no dia 22 de setembro, data do inicio do equinócio da primavera (em alguns anos o equinócio pode acontecer dia 21 de setembro). Costuma-se comemorar esse sabbat ao amanhecer, muitos bruxos acendem fogueira e dançam ao redor dela dando boas vindas a primavera. Como nem sempre é funcional fazer uma fogueira se você não tem espaço livre e seguro para tal dê as boas vindas a primavera de outras maneiras! Se você está pensando em começar um pequeno jardim ou uma pequena horta mágica esse é o dia ideal para fazer o plantio, ao amanhecer plante seu jardim e se já tiver um em caso evoque as bênçãos da deusa da fertilidade sobre ele. É um dia também para que você busque compreender o que na sua vida não está em equilibrio, quais problemas você vem enfrentando e por que isso está acontecendo, faça uma meditação sobre esses assuntos e pense o que falta para que você atinja o equilibrio nesse momento.

Celebração em um coven:
Normalmente os covens que podem se reunir pela manhã preferem celebrar esse sabbat ao amanhecer, eles erguem o circulo ao redor de uma grande fogueira e em muitas tradições é comum que as mulheres utilizem coroas de flores ou grinaldas para representar a deusa em sua fertilidade juvenil. O coven é decorado com flores, especialmente as brancas que são um dos símbolos do festival. O ritual segue sempre dando honras a chegada da primavera e exaltando a fertilidade que inunda nossas vidas através dos deuses. Na grande maioria dos covens os adeptos trocam entre si os tradicionais ovos pintados (símbolos de fertilidade), como presentes abençoados desejando a cada um fertilidade em todos os projetos, Ao fim do ritual geralmente é realizado um banquete que é regado na Ostara principalmente por vinho branco, ovos, pães, leite e bolos variados. Lembrando que as celebrações em coven variam muito de acordo com a tradição que se segue e aos deuses da fertilidade que são honrados por ele, o que descrevi aqui é apenas um pequeno resumo geral das tradições ;)

Celebração do bruxo solitário:
Decoração: Decore sua casa e seu altar com flores frescas (de preferência colhidas no amanhecer do equinócio), dê preferência as flores coloridas deixando a casa mais alegre e festiva, no altar dê preferência as flores brancas assim como você também pode fazer a grinalda para usar no ritual. A grinalda da Ostara nada mais é do que uma coroa de flores como a demonstrada abaixo, você pode soltar sua imaginação para fazer uma coroa bonita e significativa. As flores mais usadas são aquelas de cores claras não esqueçam, porque está representando um aspecto muito juvenil e puro da deusa.

  Você pode colocar no seu altar também algumas sementes como oferenda ou simplesmente como um símbolo do que está a germinar, do que está começando agora a florescer. Durante o ritual use também roupas claras e se possível demarque o circulo ou mesmo o altar com velas douradas ou verdes que também são cores simbólicas deste Sabbat.

O ovo de Ostara

  Todo mundo já ouviu falar no ovo pintado que é tradicional do festival. Os ovos, que obviamente são símbolos da fertilidade e da reprodução, eram usados nos antigos ritos da fertilidade.Algumas pessoas fazem os ovos e presenteiam parentes e amigos com eles para que a fertilidade e as bênçãos da deusa se estendam a todos os queridos. Quando você faz somente para você, tem-se duas opções: Você pode fazer os ovos e comê-los para atrair os desejos que você inspirou ao confeccioná-los ou pode oferta-los como oferendas a deusa enterrando ou jogando no fogo de Ostara.

  Minha opção é sempre fazer os dois: coma alguns e outros ofereça como oferenda aos deuses ;) Para o ovo comestível que enfeitará sua mesa do banquete pós-ritual de Ostara você só precisará cozinhar os ovos e depois com o auxilio de anilina culinária e pincéis decorá-lo utilizando símbolos para atrair fertilidade e bênçãos a sua vida. Alguns exemplos são Quadrados (estimulam a concretização de projetos em construção.) Triângulos (elevam as energias a níveis mais sutis, estabelecendo contatos mediúnicos.) Pentagrama (favorece a conexão com seres elementais e divindades pessoais, o sagrado.) Círculos (simboliza ciclos em equilibrio e a eternidade ciclica.) Lembre-se bem de mentalizar energias positivas enquanto decora os ovos, para ficar mais “conectado” com a energia durante a confecção dos ovos coloque alguma música que remeta a espiritualidade e ao equilibrio do festival e acenda um incenso floral.

  Para os ovos que seriviram de oferenda você pode usar um desses que você decorou normalmente para comer, mas existe uma forma chamada ovo mágico que consiste em pegar um ovo cru e tinjir com a cor apropriada para sua aspiração no momento, sempre voltada para fertilidade é claro.

  • Verde - restauração da saúde e eliminação de más energias – equilibrio na saúde física e mental;
  • Vermelho ou Cor-de-rosa - Para o amor e a união – equilibrio nos relacionamentos;
  • Roxo - Para o desenvolvimento psíquico e crescimento espiritual – equilibrio espiritual;
  • Amarelo - Para novos começos e sucesso nos estudos e na vida financeira – equilibrio na vida material;
  • Azul - Para a paz e serenidade – equilibrio geral;
  • Laranja - Para o poder e energia – equilibrio energético;


  Depois você deve pegar o ovo e furar em uma das extremidades e assim o esvaziar completamente. Lave-o cuidadosamente para não quebrar. Como três é um número mágico, você usará duas ervas e uma pedra carregados de seus desejos para encher o ovo. Obedecendo a seguinte ordem:

  • Ovo verde - louro, pau de canela e uma pedra de citrino;
  • Ovo vermelho ou Cor-de-rosa - folha de damiana, pétala de rosa e uma pedra de quartzo rosa;
  • Ovo roxo - semente de papoula, sândalo branco e uma pedra de ametista;
  • Ovo amarelo - lavanda, pimenta da Jamaica e uma pedra de quartzo;
  • Ovo azul - camomila, lúpulo e uma pedra azul;
  • Ovo laranja - patchouli, pau de canela e pedra olho de tigre.

   Acenda uma vela da cor de seu ovo. Pegue na mão cada uma das ervas e depois a pedra em sua mão e os imante com a energia de seus desejos. Em seguida pode colocá-los dentro do ovo. Agora goteje a cera da vela para dentro do ovo até enchê-lo por completo. Com o dedo, você pode alisar e dar acabamento na porção que abriu para colocar as ervas e a pedra.

  Essa receita antiga do ovo mágico cria um forte patuá (amuleto) que pode tanto ser enterrado no jardim como oferenda aos deuses, como pode ser mantido no seu altar até a próxima primavera quando você o substituirá por um novo. Eu prefiro a opção de enterrar, acredito que comigo sempre funcionou melhor oferecendo como oferenda aos deuses.

Ritual:
  Bom o ritual começa como de costume com  a purificação do local, purificação de si mesmo, abertura do circulo, invocação dos elementais e dos deuses.  O seu altar deve estar enfeitado como eu descrevi acima, coloque no centro do circulo o seu caldeirão com uma vela branca apagada e várias flores ao seu redor. Faça uma homenagem a deusa, dando boas vindas a primavera, você pode cantar, dançar, recitar ou simplesmente orar (Assim que você for dar as boas vindas a primavera acenda a vela branca no caldeirão). Faça sua meditação (se já não a tiver feito) sobre o equilíbrio e a harmonia em sua vida, peça aos deuses em oração que fertilizem sua vida e o ajudem a alcançar o equilibro e assim a harmonia de que precisam em determinada área da vida. O sabbat de Ostara é perfeito para qualquer feitiço ou ritual ligado a fertilidade, multiplicação de qualquer área da vida, se você tiver optado por realizar o ovo mágico, essa é a hora de oferta-lo a deusa e imbuí-lo de todos os seus desejos (lembrem-se sempre de visualizar as energias que vocês estão enviando e recebendo durante o ritual). Terminado o feitiço ou ritual que você tenha escolhido fazer feche o circulo como de costume e realize um pequeno banquete em honra ao inicio da primavera e a fertilidade dos deuses: Faça bolos de mel e cravo, pães em formato de cruz, saladas variadas e beba vinho branco e leite, tudo em honra desse período maravilhoso que começa agora. Desejo que cada um de vocês se complete e se realize nesse sabbat e que a roda continue sempre a girar nos fazendo evoluir cada vez mais, abençoados sejam!

OBS. Avela utilizada no caldeirão junto com as flores deve ser colocada acesa no seu jardim até ser consumida totalmente.

0 comentários: