☽★☾ Grimório da Luna

Um blog dedicado a orientação de iniciantes e praticantes solitários da wicca. Blessed be!

Cristais e pedras na magia


  
 Acho quase uma afronta eu escrever algo sobre cristais quando tem para download aqui no blog um dos livros mais completos a respeito do assunto (Enciclopédia de cristais, pedras preciosas e metais - Scott Cunningham) Mais enfim vou pontuar algumas coisas a respeito do assunto.
 Primeiro a importância energética das pedras é tão forte quanto a das plantas, pois elas possuem vibrações energéticas próprias. Algumas pessoas utilizam as pedras, cristais e etc baseados em sua cor, não estão de todo errado, mas nesse caso elas estariam utilizando a magia das cores e não a vibração propriamente dita da pedra.
 Os cristais e as pedras contêm a luz, a energia, o poder do reino mineral. Armazenam toda essa força, a ampliam, a transmutam e emanam suas energias beneficiando a todos que os procuram. Eles são imprescindíveis, ajudando no crescimento espiritual e no auto-conhecimento, e, principalmente, ensinando inúmeras formas de utilizar positivamente sua energia em conjunto com a nossa. “Cristal é um ser vivo vibrando mais rápido que a velocidade da luz. Não é um sólido. É som, é éter concretizado. O cristal é um ser consciente que assumiu uma forma específica para ressoar o som básico da criação. Com o cristal pode-se caminhar em todas as direções.” Dhyani Ywahoo. Voz dos ancestrais.

Formação
A maioria das pedras e cristais são formados por minerais, com exceção do âmbar, da coral e da pérola. Os minerais podem ser formados de várias maneiras e podem se apresentar também de diversas formas, sendo as mais comuns: lapidadas, roladas (pedras brutas menores limpas e polidas) e brutas.


Utilização de pedras e cristais
Algumas das formas de utilizar as pedras e cristais: 
Pedras nas jóias:
Durante milhares de anos, tem-se usado pedras preciosas junto ao corpo. Lápis-lázuli, cornalina e malaquita foram empregadas pelos antigos egípcios, esmeralda pelos Incas, jade pelos chineses e turquesa pelos índios americanos. Coroas de sagradas pedras preciosas foram usadas para ajudar a governar o povo com sabedoria. Rubis e pedras de um vermelho intenso foram exibidos no umbigo de dançarinas do ventre, a fim de ativar o interesse sexual dos espectadores. Pedras têm sido usadas no centro do terceiro olho, para auxiliar a consciência mística a manter-se sintonizada com energias superiores. Colares pendurados sobre o peito, para estimular os pontos do chacra do coração, a fim de ativar maior amor e compaixão. Carregar pedras como amuletos, ou usá-las como jóia, é um dos meios mais simples e eficazes de utilização de sua força curativa, a pedra mantem-se em contato com o corpo para recepção de efeitos em tempo integral.

Pedras no ambiente:
Para purificação constante e energização de ambientes o ideal é utilizar uma drusa de cristal de quartzo, num tamanho proporcional ao número de pessoas que freqüentam o ambiente. Também é eficaz a utilização de aquários com várias pedras de cores diferentes. Não coloque peixes ou plantas num aquário destinado à limpeza de ambientes. Se o aquário for ornamental, pode-se colocar pedras para ornamentar, mas a intenção deve ser clara.
. As pedras devem ser lavadas em água corrente e a água trocada quando estiver grossa ou escura. É essencial que haja um quartzo branco, que servirá como catalisador. Também podem ser dispostas no ambiente, como enfeites, dentro de potes. Em todas as situações é necessário que na programação da pedra, esteja clara a intenção de purificação e energização do ambiente.

Pedras pessoais:
São as pedras e cristais que atraem seu proprietário e o faz sentir o desejo de que se tornem amigos íntimos, elas se destinam a ser usadas especialmente pelo seu proprietário, para fins pessoais. Existe ainda o grande amigo, um único cristal que envia uma luz especial, que deve ser mantida como cristal particular, se possível intocada por outras pessoas. Trata-se de um poderoso recurso pessoal. Quando seu cristal-talismã surgir você terá a certeza de que é ele. Eles podem ser levados a qualquer lugar  junto ao seu proprietário, reuniões de oração e meditação, cursos, trabalho, etc.

Uso em plantas ou animais:
Para energizar plantas, coloque um cristal no vaso, enterrado junto à raiz da planta. Para animais domésticos, coloque um cristal onde o animal costuma dormir ou em suas coleiras. Cuidado, pois cães costumam ingerir as pedras se elas estiverem acessiveis. Estes cristais e pedras não devem ser utilizados para outros fins.


Meditação:
Pode ser feito com o seu cristal pessoal ou com um outro cristal que você eleja ou programe somente para meditações. Neste caso a ametista é um cristal altamente energético.

Elixir:
Devem ser adquiridas para este fim ou se forem ganhas, uma vez utilizadas no preparo de elixires não devem ter outra finalidade. Só podem ser utilizadas as pedras roladas.

Disposição sobre os chacras:
São pedras e cristais que também atraem seu proprietário, porém carregam em si o objetivo de curar outras pessoas através de seu proprietário.
   
Banho:
Pode-se utilizar cristais e pedras diversas durante os banhos de imersão ou hidromassagem.
Observações importantes:
Sempre que houver a reunião de duas ou mais pedras é necessário um cristal de quartzo para equilibrar as energias.


 Quando seu cristal quebrar em vários pedaços, junte-os e coloque num jardim ou vaso de plantas. Se acontecer apenas uma lasca ou pequena fratura, não dê importância, continue a usá-lo da mesma maneira. Muitas vezes as pedras se quebram ou desmancham, e quando isso acontece é porque receberam uma carga de energia que talvez estivesse dirigida a você e se sacrificaram em seu benefício.

 Considere seus cristais e pedras como extensões de seu próprio ser. Se tiver alguma dúvida a respeito de quanto tempo deixa-los numa limpeza ou energização, ou qual o melhor método para isso, pense no que seria bom para você e faça o mesmo com eles.

 Não se atenha a nenhuma regra se sua intuição determinar algo diferente, os cristais e pedras ampliam a intuição e você deve confiar nela. Se achar que precisa aplicar uma pedra num chacra diferente do costumeiro, pode fazê-lo sem medo de errar.

 Dê preferência a pedras em estado bruto, ou simplesmente polidas ou roladas. Pedras lapidadas podem conter o que é chamado de energia da forma, que dá mais força à forma que à própria energia da pedra. Somente lapidações curvas, como esferas, ovos ou cabochões, não prejudicam a força magnética das pedras.

Adquirindo uma pedra ou cristal

Escolha da pedra ou cristal:
Quando for adquirir uma pedra ou cristal é aconselhável sentir e olhar para vários cristais e escolher exatamente aquele que se sentir atraído, que chamar a atenção e a partir do primeiro momento estabelecer um relacionamento.
 A intuição se faz necessária em todos os momentos que se utilizam os cristais, desde o primeiro encontro.

Limpeza:
É indicado que seja realizada ao adquirir um cristal para que a energia dos cristais possa estar em pura sintonia com a energia do proprietário, se não estiverem sendo utilizadas diretamente nas práticas de cura provavelmente não precisarão de outro processo de limpeza. No caso de pedras de uso em terapias de cura é necessário que se realize a limpeza a cada término de tratamento, pois as pedras podem assimilar e reter a energia dos indivíduos tratados.
Alguns métodos de limpeza simples:
  • Águas naturais (cachoeiras, rios, lagos, mares):Banhar as pedras pelo tempo que a intuição determinar em águas não poluídas.
  • Água e sal grosso: Mergulhar as pedras num recipiente com água e sal grosso, mantendo por algumas horas, ao retirá-los lave em água corrente para retirar o excesso de sal.
  • Defumação: Acenda o incenso de sua preferência e sopre bastante sobre seu cristal, defumando todas as suas faces e toda a sua área, pelo tempo que achar necessário.
  • Drusa: Colocar as pedras sobre uma drusa (aglomerado) de Cristal de Quartzo incolor e deixe-as por bastante tempo, até achar que estão limpas e recarregadas. A drusa por conter várias pontas de cristal, é autolimpante e auto-energizante.
  • Sopro: Mentalize luz branca e/ou violeta e expire pela boca sobre o cristal, com a intenção clara de limpa-lo e de retirar toda a energia negativa. Inspire luz branca e/ou violeta e expire pela boca sobre o cristal. Exige grande concentração.
  • Chuva: Deixe seu cristal sob chuva forte. È um ótimo método de limpeza. 
  • Selenita: Sobre uma superfície lisa, coloque um bastão de Selenita e na frente deste um cristal de quartzo com a ponta direcionada para todas as pedras que estejam necessitando de limpeza (qualquer tamanho e quantidade). Em trinta segundos as pedras estarão limpas e energizadas simultaneamente. Este tipo de limpeza serve também para qualquer objeto e para ambientes.

Energização:
Carregar os cristais que foram limpos com novas energias.
 Métodos de energização:
  • Sol: Após ter sido lavado e limpo, deixe o cristal diretamente na luz solar, preferencialmente na parte da manhã, até o meio-dia. 
  • Lua: Para energizar o cristal com energia mais feminina, mais intuitiva, coloque-o diretamente exposto à luz do luar (lua crescente ou cheia). 
  • Sol e lua: Coloque seu cristal exposto à luz do luar durante toda a noite, e depois à luz do sol, até o meio-dia.
  • Terra: Deixar os cristais em contato com o solo (não é necessário enterrar) por um período de no mínimo três horas.
  • Tempestade: Colocar o cristal exposto à energia da tempestade (chuva,raios, vento, trovão).
  • Energização com as mãos: Coloque o cristal entre as mãos e gire-o até esquentar, mentalizando passagem de energia das mãos para o cristal. Utilize também o método da respiração para carregá-lo, inspirando luz branca e expirando esta luz carregada de força dentro do cristal. 
  • Drusa: Da mesma forma que limpa, a drusa também pode reenergizar seu cristal. Apenas coloque-o sobre uma drusa por um tempo mínimo de três horas.
  • Selenita: Durante o processo de limpeza pela Selenita, os cristais e pedras já estarão automaticamente energizados.

Programação:
 Tem a finalidade de ativar a energia dos cristais, ou direcioná-la para um determinado objetivo. É importante o uso da intenção clara, objetiva e simples enquanto envia a programação mentalmente para o seu cristal (meditação, cura, equilíbrio emocional, etc...), a programação pode ser reforçada (mas não é necessário) durante sete dias (Este cristal é para...).Uma técnica utilizada é colocar o cristal no chacra frontal e enviar a programação. O mais importante é unir a afirmação positiva com a visualização criativa. Ex.: Que o amor, a paz e a cura em todos os níveis energéticos, sejam irradiados para (...), ou para a própria pessoa, familiares, nossa casa, consultório, escritório, etc. Incluir a visualização de que todos estejam imensamente felizes, cheios de vitalidade, paz, prosperidade.

 Pronto, eu coloquei aqui uma visão mais ampla no campo da magia sobre os cristais, muito embora existam outras formas de limpeza, energização e programação dentro da wicca optei por mostrar essas já que as outras são facilmente encontradas. Bem como as propriedades de cada pedra que já constam no livro do Scott Cunningham do qual falei no começo do post e que está disponível para download aqui no blog. Espero que tenham gostado, Blessed be.

0 comentários: