☽★☾ Grimório da Luna

Um blog dedicado a orientação de iniciantes e praticantes solitários da wicca. Blessed be!

Litha vem aí - 21 de dezembro

 
  Também conhecido como Solstício de Verão, Litha, Hefin Alban, Bênção Sol,  Feill-Sheathain, Pentecostes, Vestálias, dia de São João(apenas no hemisfério norte) ou middsummer (entre verões).      

 Além dos quatro grandes festivais do ano pagão celta, existem quatro festivais menores (formando assim a roda do ano): os dois solstícios e os dois equinócios. No folclore, estes são referidos como os quatro "quartos-de-dia" do ano, e em algumas tradições wiccanas chamam de quatro "Sabbats Menores'. O Solstício de Verão é um deles.

 
Litha é normalmente comemorado em 21 de dezembro (como nesse ano), mas varia um pouco de 20 a 23 dependendo da rotação da Terra em torno do sol. De acordo com o calendário antigo, o verão começa em Beltane e termina no Lughnassadh , com o solstício de verão no meio do caminho entre os dois (por isso muitos o chamam de middsummer), marcando MEIO DOS VERÕES. Isto faz sentido mais lógico do que o que é sugerido por algumas tradições de que o Verão começa no dia em que o poder do Sol começa a minguar e os dias ficam mais curtos. O Sol está agora no ponto mais alto antes de começar seu declinio.

 
A humanidade tem vindo celebrar Litha e o triunfo da luz desde os tempos antigos. Na Roda do Ano Litha situa-se em frente ao Yule.  Embora Litha e Yule sejam sabbaths menores na linguagem antiga, eles são comemorados com alegria e muita diversão mais do que qualquer outros na roda do ano, exceto, talvez, Samhain. Os rituais alegres de Litha celebram a Terra verdejante no verão, abundância, fertilidade e todas as riquezas da natureza em plena floração. Esta é uma época de magia forte e efeverscente, tradicionalmente, o tempo para handfasting ou casamentos e para a comunicação com os espíritos da Natureza. Em Litha, os véus entre os mundos são finos; os portais entre "os campos que conhecemos" e os mundos do além estão abertos. Este é um momento excelente para rituais de adivinhação (que tal testar algumas das divinações de posts anteriores?).

 
Os ritos Litha dos antigos eram barulhentas festas comuns com danças, canções de verão, contação de histórias, pompa e uma fogueira no meio da aldeia e tochas acesas durante procissões pelas aldeias depois de escurecer. As pessoas acreditavam que o Litha através do elemento fogo preponderante possuía grande poder, e que a prosperidade e proteção para si mesmo e do clã contra incendios e outros males podia ser conquistada apenas por saltar sobre a fogueira do Litha. Também era comum casais juntarem as mãos e saltarem sobre as brasas do fogo três vezes para assegurar um casamento longo e feliz, prosperidade financeira e muitas crianças. Mesmo as brasas da fogueira carbonizados possuíam poderes protetores - eles eram amuletos contra lesões e tempo ruim na época da colheita, e brasas eram comumente colocados em volta dos campos de trigo e pomares para proteger as colheitas e garantir uma colheita abundante. Outros costumes do litha incluíam carregar uma brasa da fogueira de Litha pra casa e colocá-lo em espécie de ninho feito com bétula, funcho, erva de S. João, erva-pinheira, e lírios brancos para a benção e proteção do lar.

 
O Sabbat Litha é um tempo de celebrar o trabalho e o lazer, é um tempo para as crianças e para brincar de criança (é comum lerem histórias para crianças no fim do dia de Litha). É um momento para celebrar o fim do ano crescente e o início do ano minguante, em preparação para a colheita que está por vir. Midsummer é um tempo para absorver os raios do Sol e aquecimento é outra Sabbath da fertilidade, não só para os seres humanos, mas também para plantações e animais. Wiccans consideram que a Deusa está grávisa a partir do acasalamento de Beltane - A honra é dada a Ela. O deus do sol é celebrado com o seu poder no ápice no céu e nós celebramos Sua paternidade se aproximando - a honra também é dado a ele. As fadas abundam neste momento e é costume deixar oferendas - como alimentos ou ervas - para eles à noite. (costuime muito comum na fairy wicca).

Comemoração em um coven (aspectos básicos da comemoração comuns em muitas tradições):
 O litha geralmente é feito em uma clareira ou qualquer outro espaço aberto rodeado pela natureza, geralmente é celebrado no amanhecer do dia 21 de dezembro (algumas tradições comemoram ao pôr do sol). Primeiro os membros do coven formam um grande circulo de pedras (apenas um costume pagão celta para delimitar o espaço que vai ser traçado o circulo mágico),  membros montam o altar ou ao norte do circulo enquanto outros fazem a fogueira no centro do circulo (por isso o circulo é muito grande).
O sacerdote e a sacerdotisa abrem o circulo e fazem as invocações do elementais e dos deuses juntos. Agora é realizado uma homenagem a deusa fertilizada e ao deus em seu alto poder (geralmente são canções e danças ao redor da fogueira), depois realiza-se algum feitiço ou ritual pré determinado pelo coven que seja especifico ou ideal para a época. São feitas oferendas aos deuses (geralmente frutas ou grãos) e depois é consagrado e servido um grande banquete em homenagem aos deuses. Os sacerdotes agradecem aos deuses e aos elementais e fecham o circulo.

Comemoração de um bruxo solitário: Não obrigatoriamente você deverá comemorar sozinho, se você tiver um amigo que assim como você seja iniciante na arte vocês dois (pode ser até cinco pessoas) podem fazer a comemoração de Litha descrita aqui para neófitos sem coven.
Primeiro a decoração, primeiro como eu já disse, é ideal que seja ao ar livre cerado pela natureza, se for inviável por que você mora na cidade tente fazer no jardim ou no seu quintal. Se puder fazer uma fogueira é muito bom, mas se não apenas decore seu altar com ervas e flores solares como a camomila para representar a potência do deus e flores brancas para representar a fertilidade da deusa. Acendam um incenso correspondente ao fogo ou ao sol e tracem o perímetro do circulo. Se vcs ñ poderem fazer a fogueira, façam no centro do circulo um circulo menor formado por pedras e coloquem velas vermelhas (símbolos do deus) em cada um dos quadrantes do circulo e depois coloquem o caldeirão bem no centro desse circulo de pedras .
A comemoração: Primeiro vocês ajoelham em frente ao altar e fazem uma oferenda aos deuses (preferencialmente frutas da época ou grãos). Tracem o circulo e invoquem primeiro os Elementais, depois os deuses. Agora é bom vcs fazerem uma homenagem (leiam um poema aos deuses, cantem ou dancem uma canção ao redor do circulo menor de pedras, usem a imaginação), agora vocês podem fazer um feitiço simples de litha (ex. vocês escrevem três pedidos aos deuses em papéis e colocam no caldeirão, depois colocam por cima erva solares e flores vermelhas e coloquem fogo dentro do caldeirão, dance ao seu redor entoando algum cântico, mantra etc – cuidado se vc for fazer isso dentro de casa pra não colocar fogo em nada!). Agora vocês podem fazer algum ritual de divinação ou vão logo ao final e celebram um banquete simples em honra dos deuses (optem por frutas da época, e bebidas feitas com mel, eu recomendo o tradicional leite com mel). Agradeçam aos Elementais e depois ao deuses, faendo uma reverência ao se despedir de cada um. Fechem o circulo e aproveitem o verão. Blessed Litha pra vocês!

0 comentários: